Arquivos de tags: Babilônia

Helena Gastal, o nome por trás do figurino de Babilônia

Figurinista Helena Gastal

Figurinista Helena Gastal

Com mais de 30 novelas no currículo a figurinista Helena Gastal assina mais uma obra. No ar com a novela Babilônia, Helena é responsável pela moda que desfila no horário nobre da Rede Globo. No centro um time de tirar fôlego, Fernanda Montenegro, Gloria Pires, Camila Pitanga e Adriana Esteves dão vida as vilãs e mocinhas de Gilberto Braga, com looks produzidos por Helena e sua equipe. “Vestir um personagem não significa que ele esteja preso a uma tendência de moda. A roupa tem que ajudar a contar a história”, ressalta.

Na Rede Globo desde 1979 essa é a sexta novela ao lado de Giberto Braga. No meio da correria da semana de estreia ela conversou com a equipe da Valliosa e contou um pouco mais sobre o seu processo de criação. Confira a entrevista logo abaixo.

Valliosa Comunicação A responsabilidade de vestir os personagens da trama de horário nobre é maior?

Helena Gastal – Acho que qualquer trabalho que seja exibido na televisão exige uma grande responsabilidade. Vestir um personagem é diferente porque ele não está preso a uma tendência. A roupa ajuda contar história. O horário nobre por ser assistido por um número maior de pessoas exige um pouco mais. Mas todos os trabalhos são importantes.

Valliosa Comunicação Como você se prepara para um trabalho destes?

Helena Gastal – Começamos a pesquisa de personagem três meses antes de gravarmos o primeiro capítulo. Assistimos muito filmes, vamos para a rua ver o street style e o que podemos trazer para a trama, depois montamos o projeto, apresentamos e começamos a prova de roupa e construção de cada um dos personagens. É um processo que leva em torno de seis meses a estreia da novela. Para Babilônia, por exemplo, começamos a trabalhar em setembro de 2014.

Valliosa Comunicação – Alguns personagens possuem um figurino muito marcante, seja pela beleza ou pela excentricidade. É divertido trabalhar esses estilos tão diferentes? Quais os desafios?

Helena Gastal – Trabalhar com universos opostos faz parte. São eles que fazem o contraponto da novela.

Valliosa Comunicação – Qual o personagem que foi mais difícil para compor o figurino?

Helena Gastal – Montar um figurino simples é muito difícil. Porque você precisa deixar a pessoa simples, sem descaracteriza-la. Esse é um processo mais complicado do que quando você trabalha com o luxo.

Valliosa Comunicação – O que podemos esperar do look dos personagens de Babilônia? Quais os principais estilos? Você acredita que o público vai se encantar e adotar elementos da indumentária? Quais?

Helena Gastal – Nós não trabalhamos com uma tendência de moda, e sim, com elementos que ajudem a construir cada personagem. Citar algo que possa virar moda é difícil, essa resposta que o público dará é. O que vai virar objeto de desejo é muito difícil de saber.

Valliosa Comunicação – E qual a tua principal característica na hora de compor os figurinos?

Helena Gastal – A qualidade, prezo por peças clean que possam ser usadas mais de uma vez. E que ajudem a compor a cena criando uma harmonia entre formas e as padronagens.

%d blogueiros gostam disto: