Arquivos de tags: alta costura

Looks Globo de Ouro

goldenglobeLadys and Gentlemen, está aberta a temporada de premiações do cinema e da televisão americana. E com elas os tapetes vermelhos. Depois das semanas de moda esse é o momento mais esperado pelas fashionistas. Ditando moda, as celebridades desfilam seus modelos de gala, enquanto nós, meras mortais, nos inspiramos em seus dress e sonhamos com suas joias exuberantes. Alguns looks entram para o hall das wish lists e outros se tornam memoráveis por não fazerem tanto sucesso, digamos assim. Bom, aqui está nossos looks favoritos do Globo de Ouro, que ocorreu no dia 11, em Los Angeles.

Confira nossa wish list:

Heidi Klum com seu vermelho falta Versace. Aliás, vermelho foi a cor escolhida por muitas celebridades.

Heidi Klum com seu vermelho falta Versace. Aliás, vermelho foi a cor escolhida por muitas celebridades.

Chrissy Teigen de Zuhair Murad

Chrissy Teigen de Zuhair Murad

Amy Adams também foi de Versace básico.

Amy Adams também foi de Versace básico.

Naomi Watts optou pelo amarelo da Burberry

Naomi Watts optou pelo amarelo da Burberry

Diane Kruger de Emilia Wickstead

Diane Kruger de Emilia Wickstead

Julianne Moore e o brilho da Givenchy

Julianne Moore e o brilho da Givenchy

Emma Stone arrasou com macacão Lanvin e makeup da Chanel.

Emma Stone arrasou com macacão Lanvin e makeup da Chanel.

Garotas da Capa

Trend alert direto das passarelas da Semana de Alta Costura em Paris: as capas estão com tudo! Elas foram destaque em vários desfiles na capital francesa. Estruturadas, esvoaçantes, minimalistas ou trabalhadas… tem pra todos os gostos, inclusive em versões costuradas aos vestidos ou soltas para jogar por cima.

VALENTINO

Valentino foi quem mais variou na modelagem e no estilo das capas. A preta transparente ganha evidência sobre o fundo branco. Mais do que justo, pois assim podemos apreciar o trabalho minucioso da peça. Releitura incrível das capas medievais que dá ares de princesa à produção. Minimalistas, os vestidos vermelho e branco ficaram mais modernos com o detalhe da capa. Já o preto rendado pareceu ganhar sobriedade extra por causa do detalhe sobre os ombros.

ELIE SAAB

Apesar dos vestidos serem bem diferentes, as capas de Elie Saab têm a mesma modelagem, com ombreiras e recortadas na parte de traz. Chique!

stéphane mais

As capas apresentada pelo estilista francês foram bem variadas. Duas delas transparentes e esvoaçantes, são parte da própria blusa, em modelagens inesperadas. A outra, pesada, foi usada por cima de um conjunto de blazer e calça, num look austero e muito poderoso.

ZUHAIR

Por fim, Zuhair Murad trouxe combinações de vestidos e capas des-lum-bran-tes em branco e dourado. A capa brocada desfilada pela brasileira Lais Ribeiro (na primeira foto) impressionou pela imponência (veja maior aqui). Digno de uma rainha! Outro look que também se destacou foi o que trazia uma capa dramática, toda coberta de penas (veja maior aqui). As outras duas eram fluídas, com belíssimos bordados.

Para quem não se lembra, a atriz Gwyneth Paltrow usou um look muito comentado no Oscar de 2012, com vestido e capa brancos. Assinadas por Tom Ford, as peças eram bem minimalistas e valorizaram o corpo esguio da atriz. Será que na cerimônia desse ano mais celebs investirão na tendência? E nos casamentos e bailes de gala do “mundo real”, será que a moda pega? Super apoiamos!

gwyneth

Uma paixão em vermelho

Alexandre Vauthier desfilou sua coleção na última edição da Semana de Alta-Costura utilizando somente o vermelho e suas variações na tonalidade em construções sensuais, ultrafemininas e bem costuradas. Modelagens suntuosas que nos lembram Carolina Herrera, Versace, JPG, Dior e Saab.

Na bagagem do estilista, um know how que só quem já trabalhou com Thierry Mugler e Jean Paul Gaultier tem. Com este último, Vauthier desenvolveu coleções para Alta Costura da casa. Confira os cliques do desfile de Vauthier abaixo:

Para saber mais sobre o estilista, acesse: http://www.alexandrevauthier.com/av/en/biography.html

Fotos: Style

Por Doug Oberherr

Alexis Mabille

 Abrindo a semana de Alta-Costura, tivemos ontem os desfiles de Anne Valèrie Hash, Christophe Josse, Bouchra Jarrar, Christian Dior, Alexis Mabille, Giambatista Valli e Iris Van Herpen. Os dois últimos estrearam nas passarelas da alta-costura nesta edição e não deixaram por menos. Iris Van Herpen mostrou criações inusitadas, dotadas de uma construção arquitetônica ímpar. Giambatista dividiu opiniões sobre os detalhes do desfile que mostraram uma quase falta de preparo. Mas sem sombra de dúvida, o desfile que mais rendeu comentários (negativos, diga-se de passagem) foi o da Dior, sem Galliano.

Em praticamente todos os veículos de moda, as perguntas de repetiam: “onde está a teatralidade do desfile?”, “onde foi parar as composições suntuosas e clássicas de Galliano?”. Ao que tudo indica, a dupla que substituiu Galliano não chegou a seus pés. Em tempo, o duo da criação da Dior é composto por Bill Gaytten e Suzanna Venegas. Bill é ex assistente de Galliano.

Uma das gratas surpresas foi o desfile de Alexis Mabille, que dá título à nossa postagem. Sensual, elegante e por vezes irônico, o estilista colocou na passarela modelos que brincavam do clássico “mostra e esconde”, em criações com recortes na cintura e quadril. Ganhou nossa atenção, ao lado de Iris Van Herpen.

Abaixo, alguns dos looks do desfile de Alexis Mabille. Para conferir as criações de Iris Van Herpen, clique aqui.

Fotos: Style.com

Por Doug Oberherr

#napauta Semana de Alta-Costura

Criação de Zuhair Murad na última edição da Semana de Alta-Costura

A semana de alta costura vem aí, trazendo o supra sumo do luxo em matéria de moda. Durante quatro dias, estilistas das grandes casas parisienses desfilarão aquilo que mais de meio mundo desejará ter em seus guarda-roupas (pelo menos as mulheres). Paris ainda recebe os estreantes Giambastista Valli e Iris Van Herpen, recentemente convidados pela Chambre Syndicale de la Haute Couturepara compor o seleto grupo de marcas que podem usar o título de alta costura em suas criações.

Uma das maiores surpresas, no entanto, é com relação à Dior, sem Galliano. Outro estilista que rendeu comentários pelas terras de cá, foi Ricardo Tisci, da Givenchy, que escolheu Carol Trentini como modelo exclusiva da marca!

 Confira o line up do evento:

4 de julho – 

Anne Valèrie Hash

Christophe Josse

Bouchra Jarrar

Christian Dior

Alexis Mabille

Giambatista Valli

Iris Van herpen

 5 de julho – 

Giorgio Armani Privé

Maison Rabih Kayrouz

Stéphanie Rolland

Atelier Gustavolins

Alexandre Vauthier

Givenchy

Julien Fournié

Chanel

6 de julho – 

Valentino

On Aura Tout Vu

Elie Saab

Jean Paul Gaultier

Maxime Somoens

Frank Sorbier

 7 de julho – 

Assedine Alaïa

Boucheron

Chanel Joallerie

Chaumet

Dior Joallerie

Mallerio & Van Cleef & Arpels

Fonte: ModeParis.com

Por Doug Oberherr

O Butô da Givenchy

Ricardo Tisci, diretor criativo da Givenchy, colocou em sua coleção de alta costura para o verão 2011/12, toda a poesia, a destreza e a graciosidade do Butô, espécie de teatro-dança, desenvolvido pelo homenageado, Kazuo Ohno.

O Butô é uma forma de expressão criada pela parceria de Kazuo Ohno, um incrível dançarino japonês, já falecido, e seu amigo de longa data, Tatsumi Hijikata (também já falecido).  A arte da dupla se baseava nos movimentos mais primitivos do corpo, representando o nascimento, a sexualidade, o cotidiano e a morte em passos livres, raramente utilizado elementos de cena. O foco era o corpo e as expressões faciais, remanescência do antigo teatro kabuki e do teatro bunrako, que lida com bonecos de madeira.

Confira abaixo um dos vídeos de Kazuo e um dos looks da coleção de alta costura da Givenchy:

 

 

 

Foto: Vogue França

 

 

Por Doug Oberherr

As flores de Dior

As flores “fall 2010” (inverno 2011) para a Alta Costura de Christian Dior enxeram nossos olhos. Sob efeito tied dye em tecidos fluidos, armações e modelagens que lembram (muito) pétalas de flores, os vestidos super coloridos alinharam a silhueta feminina com a cintura marcada, a máxima Dior.

Além disso, aplicações de flores sobre os vestidos criaram movimento e volumes interessantes pela visão do estilista da marca.

A mente de John Galliano só poderia nos encantar com tantas cores vibrantes em combinações inusitadas trazidas da natureza flora. Gostaram!?

Por Maíra Thums

Curso de Técnicas em Alta Costura

Super curso com técnicas de alta costura na Feevale em Novo Hamburgo. Confere:

A Alta Costura refere-se à criação artesanal de peças de vestuário exclusivas, com aplicação criteriosa de técnicas para sua construção e acabamentos específicos. De acordo com grandes nomes da Alta Costura mundial como Yves Saint Laurent e Hubert de Givenchy, o conceito aplicado para este segmento constitui um processo que sofre mudanças e evolui ao longo dos anos. Desde o seu surgimento em Paris (1858) com Charles Frederick Worth, a Alta Costura aplica técnicas minuciosas que demandam muito tempo para construção dos vestidos, sendo necessárias provas para ajustar os vestidos ao corpo por serem produtos conceituais e extremamente elaborados, confeccionados nos mínimos detalhes. O setor cada vez mais necessita de profissionais que possuam conhecimentos de modelagem e montagem deste tipo de peça, capazes de trabalhar corretamente os volumes, as formas e os acabamentos específicos da Alta Costura. O curso aborda as técnicas e métodos de construção de diferentes modelos de vestidos de Alta Costura, abrangendo a modelagem sob medida e a montagem dos mesmos, incluindo segredos para um perfeito acabamento das peças.

Público-alvo

Acadêmicos dos cursos de Design de Moda e Tecnologia, profissionais da área da moda e demais interessados.

Pré-requisito

Noções de modelagem e costura

Identificação

  • Período: 21 de junho a 15 de julho de 2010.
  • Horário: Junho: Segundas, Terças, Quartas e Quintas-feiras, das 14h às 17h.
  • Julho: Segundas, Terças, Quartas e Quintas-feiras, das 09h às 12h e das14h às 17h.
  • Carga horária: 75 horas.
  • Local: Campus II
  • Certificado: Para a certificação, mínimo de 75% de frequência.

Ministrantes

ASCÂNIO WANDERLEY ABRANTES DE CARVALHO – Graduado em Ciências Sociais pela UNIFOR – Universidade de Fortaleza, Pós-graduado em Arte-Educação pelo CEFET e Mestre em Design e Marketing de Moda–ênfase Têxtil pela Universidade do Minho–Portugal. Professor da Faculdade Católica do Ceará das disciplinas Desenvolvimento de Produto, Design Têxtil, Técnicas de Montagem e outras. Possui atelier de alta costura onde desenvolve trabalhos autorais. Possui curso de Broderies Haute Couture no Conservatoire des Broderies de Lunéville – Atelier de Broderie na França.

DAIANE PLETSCH HEINRICH – Doutora em Engenharia Têxtil-Tecnologias do Vestuário/Universidade do Minho–Portugal. Graduada em Moda e Estilo/UCS. Pós-graduada em Moda e Comunicação-Design de Moda/Anhembi-Morumbi-SP. Professora e pesquisadora da Feevale (Design de Moda e Tecnologia). Autora de diversos artigos e do livro Modelagem e Técnicas de Interpretação para Confecção Industrial. Professora de cursos de curta duração e investigadora do Projeto WeAdapt da Universidade do Minho-Portugal.

 

Ficou afim do curso? Clica aqui e se inscreve.

%d blogueiros gostam disto: